Search

Todo aparelho auditivo tem a mesma função?

Existem diversas causas de perda auditiva, com consequências distintas, desta forma, os aparelhos auditivos para serem eficientes, precisam atender a uma boa variedade de funções.

Podemos concluir que a resposta à pergunta inicial é não. Não, os aparelhos auditivos não têm todos as mesmas funções. Mas como eles funcionam e qual a diferença entre eles? É isso que buscaremos demonstrar neste artigo.


Primeiramente é vital saber que aparelho auditivo não é um simples amplificador sonoro, suas funções e tecnologia vão além de aumentar o som escutado. Para se aprofundar nessa diferenciação veja nosso artigo: Aparelho auditivo X amplificador de som. Vale a pena essa economia?


Mas então qual a função de um aparelho auditivo? A função de um aparelho auditivo consiste em aumentar o som, mas para suprir apenas os sons que o paciente precisa, diferente dos amplificadores que aumentam todos os sons. Somando a isso também entregam um som mais claro e nítido para o melhor entendimento do paciente.


Os aparelhos auditivos mais modernos possuem uma gama de tecnologia acoplada para melhorar a qualidade de vida do usuário.


Os mais avançados já chegam ao mercado com a possibilidade de aprender a ouvir como seu cérebro e assim interpretam ainda melhor o som ouvido. Somado a tudo isso, ainda podem ser associados a outros dispositivos eletrônicos, como smartphones, TVs e tablets.


Há aparelhos com a função específica de amenizar zumbidos, que amenizam esse transtorno tão fatigante para quem o escuta.


Na atualidade a nitidez do som escutado está cada vez melhor. Os aparelhos captam com clareza a direção dos sons, e trazem a certeza de diferenciação de ruídos de falas e ruídos ambientes.


Muitos aparelhos auditivos trazem grande tecnologia acoplada, com sensor de direção e localização, contato direto com smartphones, transmissão musical e conexão direta com aparelhos de smart houses, como tvs.


Algumas diferenciações entre tipos de aparelhos auditivos:


Aparelhos Auditivos Retroauriculares:

São posicionados atrás da orelha, resistentes, discretos e eficientes.









Aparelhos Auditivos:

Semelhantes aos anteriores, porém mais moderno e pode ser ajustado caso haja aumento no grau de perda auditiva. Não bloqueia totalmente o canal auditivo, o som também entra naturalmente através do canal. Feito em diversas cores, formatos e tamanhos.





Aparelhos Auditivos intra auriculares:

Somente uma área menor do aparelho fica aparente, mais discretos e bastante eficientes. Alguns ficam totalmente dentro do canal auditivo. Outros apenas uma parte fica aparente na parte de baixo da orelha. E um terceiro tipo é posicionado na orelha, e fica mais à mostra.






A escolha do aparelho auditivo do paciente passa por uma gama grande de fatores, e envolve o médico otorrino, o fonoaudiólogo e o conforto e qualidade de vida do usuário.


Seja qual for a escolha para seu caso, o importante será sempre a segurança, a eficiência do aparelho e a manutenção de uma vida plena.


2 views0 comments
whatsapp-botão.png